ELA DEIXOU UMA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO PARA A HISTÓRIA DA NOSSA EDUCAÇÃO.

O quadro Histórias de Vida, criado pelo portal Conexão Três Pontas, tem o objetivo de homenagear, em vida, pessoas de todas as classes sociais, profissões, funções ou perfis, que tenham se destacado por trabalhos relevantes ou simples, por exemplos deixados ao longo dos anos, por um legado de amizades e respeito. E hoje, Dia dos Professores, estamos merecidamente homenageando, recontando um pouco da história da querida e eterna Professora Tonha Mello.

Maria Antonieta Mello Reis, popularmente chamada de Tonha Mello, nasceu em 12 de junho de 1943. É filha de Sérgio de Mello e Edwirges Tavares S. Mello. Seus irmãos são José de Mello, Maria da Conceição Mello Alves, Geraldo de Mello, Maria Theresa Mello de Figueiredo, Sérgio de Mello Filho e Antônio Fabiano de Mello.

Cursou magistério no Colégio Coração de Jesus e se formou em 1965, quando começou a lecionar. Casou-se com Aloísio Henrique Reis e teve duas filhas: Patrícia e Vanessa.

Prestou concurso público e foi admitida na carreira docente do Estado de Minas Gerais. Graduou-se em matemática pela FAFI, em Varginha, e continuou seus estudos, concluindo duas pós-graduações.

Amada por seus alunos, Tonha Mello sempre buscou passar muito além de conhecimento. Transmitia experiência de vida e amor. Tão querida e aclamada, acabou levando seu conhecimento e boas ações para a política.

Foi eleita vereadora, sendo atuante na área social, buscando sempre o bem da coletividade. Ajudou na fundação da Associação dos Profissionais de Educação de Três Pontas, que lutou bravamente pela vinda de faculdades para o município, sendo membro da diretoria até os presentes dias; e também é membro da Associação Padre Victor.

Atuou como orientadora escolar e diretora da Escola Municipal José Vieira de Mendonça.

Mesmo após sua aposentadoria, trabalhou com projeto de Educação à distância, que visava a formação de professores no Estado de Minas Gerais, sendo tutora do projeto Veredas.

Sempre honrou a profissão e, até hoje, mantém ótimo convívio com seus ex-alunos, de quem sente muito orgulho.

É uma mulher forte, honesta e decidida, muito querida por todos em seu ciclo familiar e de amizades. E nesta justa homenagem que hoje o Conexão Três Pontas faz para ela, de forma extensiva a todos os professores trespontanos, não poderia faltar o depoimento dos familiares, representados pela filha Patrícia:

“Mãe, obrigada por ser, para todos nós, esse exemplo de serenidade, amor e compreensão. Obrigada por nos ensinar tantas virtudes, obrigada por nos ensinar o verdadeiro significado de família e amor. Nós te amamos incondicionalmente”.

Eu sempre procuro contar aqui histórias de vida e não opinar sobre as mesmas. Mas em alguns casos é impossível não participar de forma mais direta. E no caso dessa mulher iluminada, dessa Professora, na acepção da palavra, com “P” maiúsculo, eu faço questão de pontuar.

Já faz muitos anos. Escola Estadual Teodósio Bandeira (símbolo e parte da nossa história). A matéria era a, por muitos, temida matemática. Tonha Mello chegava com seu material em uma das mãos, debaixo do braço. Sorridente e ao mesmo tempo concentrada, ela parava na frente de todos, exatamente no meio da sala, como se houvesse uma marcação no chão. Esfregava as mãos, respirava fundo e dizia: “bom dia! Vamos rezar?”…

Ali começava mais que uma aula, uma parceria, uma doação de conhecimento e de vida. O que ela nos ensinava era muito mais que as quatro operações da matemática e suas “complicações”. Nos ensinou a multiplicar os sonhos, a somar vitórias, a dividir esperanças e a nunca perder a coragem e a fé.

Eu tive grandes, excelentes professores nesses anos todos. Mas minha relação com Tonha Mello não se explica em palavras, não dá pra verbalizar. Transcende, vai muito além de uma relação (que por si só é nobre) de aluno e professor. É de mãe e filho, de mestre e aprendiz, de criador e criatura. Nunca me esquecerei dela. Tenho muita gratidão e amor por essa Professora. Um exemplo de pessoa, de mulher e de mestra.

Como eu queria voltar no tempo, voltar naquela sala de aula e, pelo menos mais uma vez, por 50 minutos que fosse, viver tudo aquilo de novo…

Se me perguntarem por quanto tempo, durante quantos anos tive aula com Tonha Mello, não sei dizer cronologicamente. Mas posso garantir que foram aulas para toda uma vida.

Seu nome é Tonha Mello, mas bem que poderia ser Conhecimento e Amor.

Querida e eterna Professora Tonha Mello, obrigado por tudo. Eu amo você!

INDIQUE PERSONAGENS PARA CONTARMOS HISTÓRIAS DE VIDA

Se você conhece alguém, não importa idade, credo ou profissão, que tenha uma vida pautada pela ética, pelo trabalho, pela honestidade e acima de tudo pela amizade, por fazer o bem sem olhar a quem, entre em contato com nossa reportagem pelo tel/whats (35) 9 9975-4248 ou pelo e-mail conexaotrespontas@hotmail.com e nos ajude a homenagear, em vida, quem merece.

#conexãotrêspontas #notícia #opinião #comentando #polêmica #jornalismo #informação #comportamento #fato #pandemiacoronavirus #uti #rogercampos #minasgerais #suldeminas #Conexão #reportagem #notícias #Covid19 #distanciamentosocial #instagram #twitter #saúde #educação #política #economia #governofederal #trêspontas #vacinacontracovid19 #bolsonaro #coronavac

12729255_119502638436882_132470154276352212_n

Roger Campos

Jornalista

MTB 09816

#doadorsemfronteiras

Seja Doador de Médicos sem Fronteiras

0800 941 0808

OFERECIMENTO

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *