“O sonho da faculdade é real!”

O EDUCADOR É UM DOS RESPONSÁVEIS PELA VINDA DO GRUPO UNIS PARA TRÊS PONTAS.

O quadro Histórias de Vida, criado pelo portal Conexão Três Pontas, tem o objetivo de homenagear, em vida, pessoas de todas as classes sociais, profissões, funções ou perfis, que tenham se destacado por trabalhos relevantes ou simples, por exemplos deixados ao longo dos anos, por um legado de amizades e respeito. E hoje, estamos merecidamente homenageando, recontando um pouco da história do querido professor João Victor Mendes de Gomes e Mendonça.

João Victor Mendes de Gomes e Mendonça nasceu em 30 de março de 1971, em Três Pontas. Filho de João Laudomiro de Mendonça e Maria Idalina Gomes Mendonça (já falecida). É filho único.

É casado com Maria Aparecida de Sousa Mendes desde 20 de maio de 1995. Dessa união abençoada nasceram Caroline Sousa Mendes, de 22 anos e de João Paulo de Sousa Mendes e Mendonça de 15 anos.

Joao Victor é um eterno estudioso, apaixonado pelos livros, é muito querido não apenas pelo seu conhecimento, mas também pela simplicidade herdada de seus pais e que preserva até hoje. Também pelo senso ético e de justiça, procurando ajudar a todos que o cercam.

Livro co-escrito por João Victor.

Formado em Filosofia Pura, História e Direito, é ainda Pós Graduado em Administração Pública Municipal e Mestre em Direito.

João Victor é uma pessoa de muita fé, católico convicto e praticante, foi seminarista quando jovem, onde estudou Filosofia no Seminário Diocesano N. Sra. Das Dores em Campanha. Após sair do Seminário em 1990, retornou à Três Pontas onde, além de estudar, trabalhava na extinta fábrica ETEL.

O notável professor, querido e respeitado por seus alunos ao longo dos anos, foi eleito vereador e exerceu dois mandatos, entre os anos 1993 a 2000.

No governo da saudosa ex-prefeita Adriene Barbosa foi Secretário Municipal de Educação e Cultura e Secretário da Fazenda. Foi ainda convidado para assumir a Chefia de Gabinete do ex-vice-governador de Minas Gerais, mais tarde senador Clésio Andrade.

Ainda na política, foi candidato a vice-prefeito na primeira eleição que o Dr. Luiz Roberto concorreu como prefeito.

Incansável, um homem dedicado a Deus, à família e ao trabalho, foi também Superintendente Geral da AMM (Associação Mineira de Municípios).

Mas, dentre tudo aquilo que se debruçou, estudou e lutou por uma Três Pontas melhor, mais justa e igualitária, com acesso e oportunidades para todos, João Victor é um dos pilares, um dos responsáveis pela realização de um dos maiores sonhos que a cidade tinha: a vinda de uma faculdade, o que se confirmou através do Grupo Unis. João Victor, Adriene Barbosa e o Reitor Stefano Gazzola têm papel vital nessa conquista histórica e revolucionária.

O Professor João Victor assumiu o cargo de Diretor da Fateps durante 11 anos, onde também foi professor universitário nos cursos daquela Faculdade.

Foi vice-presidente da Fepesmig – Mantenedora do Grupo Unis – e continua no Conselho Curador daquela instituição.  Foi membro do Conselho Estadual de Educação de MG.

Atualmente ocupa a direção do ITL – Instituto de Transpiração e Logística, entidade privada ligada ao Sistema CNT/ SESTSENAT, cujo atual Presidente é o Dr. Vander Costa. Atualmente fica em Brasília e viaja muito pelo seu trabalho dentro e fora do Brasil. Já esteve na Nasa e na sede da gigante Google.

Nos finais de semana costuma ficar no sítio de seu pai, perto do Quilombo Nossa Senhora do Rosário, lugar que diz ter muito orgulho  de ter praticamente nascido lá (fazenda do Dr. Odilon onde seu pai era administrador).

“Adoro conviver com o pessoal de lá. No começo de minha vida trabalhei na roça com eles. Depois vim para a cidade morar com meus pais na casa de meus avós”, destacou.

O cantor Marciano, morto recentemente e o professor João Victor.

Uma passagem que marcou sempre a sua vida foi também a convivência com o querido e saudoso Zé Lagoa, pessoa que o professor garante tê-lo ajudado muito! Já sobre a ex-prefeita Adriene ele se emociona e afirma: “foi a irmã que Deus colocou na minha vida!”

João Victor relembra as dificuldades que enfrentou logo no começo do casamento, já com a primeira filha, onde ele e a esposa estudavam, trabalhando muito, sem casa própria, com dívidas. Foram tempos difíceis, mas nunca faltou o apoio dos familiares, parentes e amigos. “Difícil também agora a morte da Adriene cujo próximo dia 16 de Abril completará 1 ano”, emendou ele.

Como meta e sonho pessoal quer continuar o seu trabalho e ingressar em um Doutorado de Direito que está às vistas de acontecer. Ver seus filhos criados e encaminhado na vida.

“Meu sonho como cidadão é ainda poder ver um país próspero onde não tenha tantas mazelas sociais especialmente na saúde, educação, emprego e segurança. Que o Brasil seja um país fraterno, solidário e justo! Sonho com uma cidade pacificada, desenvolvida, onde a agricultura e a indústria seja pujante gerando empregos e rendas com educação e saúde de qualidade. Que nós trespontanos nos sintamos como irmãos e que o ódio, o preconceito, o rancor, a inveja, o partidarismo que tanto prejudica a cidade seja afastado de nosso meio e façamos jus de aqui termos praticamente dois santos ( Padre Victor e Nossa Mãe ).

“Acredito na força transformadora e libertadora da educação! Foi através dela que consegui chegar até aqui com a Graça de Deus e o apoio dos amigos! Para nós que viemos de baixo só temos duas coisas além de Deus para vencermos: educação e a força do trabalho. Caso contrário, seremos engolidos pelo sistema dominante que não nos aceita. Às vezes nos tolera segundo sua conveniência.

Professor João Victor e o reitor Stefano Gazzola, homenageados pela Câmara Municipal de Três Pontas.

Termino falando de Stefano Gazzola. Foi e é um grande Mestre que tem me ensinado muito. Hoje também é um grande irmão”, finalizou.

Por toda essa brilhante trajetória, por ser um defensor da família, das coisas de Deus e da Educação, pela simplicidade, humildade e a incessante busca pelo conhecimento, pelo tanto que fez pela cidade de Três Pontas, merecidamente hoje, Professor João Victor Mendes de Gomes e Mendonça tem a sua História de Vida contada pelo Conexão Três Pontas em forma de homenagem. Parabéns!

INDIQUE PERSONAGENS PARA CONTARMOS HISTÓRIAS DE VIDA

Se você conhece alguém, não importa idade, credo ou profissão, que tenha uma vida pautada pela ética, pelo trabalho, pela honestidade e acima de tudo pela amizade, por fazer o bem sem olhar a quem, entre em contato com nossa reportagem pelo tel/whats (35) 9 9975-4248 ou pelo e-mail conexaotrespontas@hotmail.com e nos ajude a homenagear, em vida, quem merece.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *