Reportagem de Ana Caroline Diniz Pessi:

O governador Romeu Zema (Novo) assinou na última semana o termo de acordo entre o Executivo estadual e municípios de Minas Gerais relativo ao repasse de verbas de saúde, atrasadas desde 2009, com o valor referente a R$ 6,8 bilhões do Estado com os municípios.

Zema afirmou que o objetivo de sua gestão é, antes de tudo, colocar as coisas no lugar, para colocar Minas em lugar de destaque.

“Desde o primeiro dia do nosso governo, que está completando agora 34 meses, nosso objetivo tem sido equilibrar as contas, arrumar a casa para que Minas Gerais volte a ser o estado que sempre nos deu tanto orgulho, mas que nos últimos anos havia, de certa maneira, se desviado do grande objetivo, que é uma sociedade mais próspera, mais justa”, disse.

A dívida será quitada em 98 parcelas, e o primeiro pagamento acontecerá em dezembro deste ano, com repasse de R$ 400 milhões. Zema admite que a dívida dificultou a gestão municipal nas 853 cidades de Minas e espera que esse tipo de atraso não se repita.

Durante a cerimônia de assinatura, Zema explicou que foi possível fechar o acordo em função de mudanças adotadas em sua gestão, como aprovação da reforma previdenciária e revisão de cargos. O governador defendeu a adesão ao regime de recuperação fiscal para continuar com a regularização das contas.

#conexãotrêspontas #notícia #opinião #comentando #polêmica #jornalismo #informação #comportamento #fato #rogercampos#minasgerais #suldeminas #Conexão #reportagem #notícias #Covid19 #distanciamentosocial #instagram #twitter #saúde #educação #política #policial #crime #economia #governofederal #trêspontas #vacinacontracovid19

 

 

 

 

 

 

 

 

Ana Caroline Diniz Pessi

Estudante de Jornalismo

carooldiniz3@hotmail.com

@caroldiniz3

OFERECIMENTO

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *